O que foram os megalodons

0
130
O que foram os megalodons

Os famosos – e muito temidos – megalodon já foram considerados os predadores mais temidos a aterrorizar os mares. Este antigo enorme tubarão viveu há mais ou menos 24 milhões de anos atrás em quase todos os cantos do oceano em todo o mundo. Ele era aproximadamente três vezes o comprimento de um grande tubarão branco dos dias de hoje, e foi sem dúvidas o maior tubarão que já existiu na face da Terra. Ele tinha uma mordida poderosa com uma mandíbula repleta de afiados dentes tão grandes quanto a mão de um ser humano adulto. Eles provavelmente poderiam rasgar pedaços de carne até mesmo das maiores baleias que habitavam os mates naquela época. Não é a toa que depois de sua descoberta seu nome foi dado como Carcharocles megalodon, o que significava, literalmente, o “tubarão com dentes grandes gloriosos”.

Grande ícone da cultura pop

Bem conhecido na cultura pop, o megalodon é simplesmente referido como megalodon, embora seja importante notar que esta versão abreviada também é o nome de um gênero de moluscos e pode ser causa de confusão dentro da comunidade científica, assim deve ser referido de forma completa para se evitar confusões. O megalodon é o maior tubarão que já viveu no oceano em todo o mundo, há milhões de anos. Como outros tubarões, eles possuam os mesmos corpos aerodinâmicos, porém muito fortes e robustos, projetados para navegar pela águas com grande eficiência. Como animais que fazem parte do grupo de elasmobrânquios (um grupo de peixes que inclui tubarões, raias e outros), os megalodons possuam esqueletos compostos principalmente de cartilagem – o material rígido, mas flexível, encontrado em narizes e orelhas humanas.

Características particulares

A característica bem particular e que define esse grupo de animais, é o fato de eles serem elasmobrânquios, já que a maioria dos peixes tem esqueletos compostos de ossos mesmo. Muito mais leve que o osso, a cartilagem permite que os tubarões se mantenham à tona e nadem longas distâncias usando menos energia. Também é muito difícil para a cartilagem fossilizar, muito do que sabemos sobre megalodons é proveniente dos restos encontrados de seus dentes, vértebras (que contêm cálcio e, portanto, são preservadas) e também, acreditem ou não, de fezes fossilizadas. A forma proposta de um megalodon é, portanto, baseada na anatomia dos tubarões que podem ser encontrados vivos nos dias de hoje. Pesquisas modernas mostram que o megalodon está mais intimamente relacionado aos tubarões-mako, não ao tubarão-branco como muitas pessoas ainda pensam.

Fatos interessantes sobre os tubarões e os megalodons

Cada tubarão, incluindo o megalodon, tem várias fileiras de dentes que fazem parte de sua grande mandíbula. Ao contrário das pessoas, que têm um número limitado de dentes em sua vida, os tubarões constantemente trocam seus dentes e os substituem por novos. Um tubarão pode perder e substituir milhares de dentes durante o percorrer de sua vida. Os dentes dos megalodontes não eram diferentes dos dentes dos tubarões atuais, e seus dentes podiam ser encontrados espalhados em praias costeiras. Eles eram particularmente grandes, tendo mais ou menos 20cm.

Tamra é uma jornalista que adora partilhar notícias gerais actualizadas de todo o mundo com os seus leitores para promover conversas e educação sobre vários tópicos como os cuidados de saúde ou a prevenção do crime. Ela também adora partilhar dicas de estilo de vida que podem tornar a vida um pouco mais fácil. O seu blogue está focado em dar aos leitores uma visão global do mundo, e ela leva a sério a sua responsabilidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui